sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

WORKDOGS: ROBERTA (Sympathy For The Record Industry)

O duo nova-iorquino Workdogs - Rob K (baixo e vocais) e Scott Jarvis (bateria) deu início a sua pequena revolução na segunda metade dos anos 80, criando uma música crua e abrasiva, que transitava pelas mais variadas formas de expressão da música popular norte-americana, usando como fio condutor o experimetalismo noisy dos grupos da época.

A banda pode até não ser nenhum fenômeno de popularidade, mas quem entende das coisas sabe de sua importância. Os Workdogs são basicamente a dupla Robert Kennedy e Scott Jarvis, mas o grupo sempre contou em suas gravações com a participação de gente como Jon Spencer (Pussy Galore, Blues Explosion, Boss Hog), Jerry Teel (Honeymoon Killers, Boss Hog), Kid Congo Powers ( The Gun Club, The Cramps), Ivan Julian (Richard Hell & The Voidoids), Lydia Lunch, Moe Tucker (Velvet Underground) entre outros.

As canções de Roberta - álbum de 1988 relançado pela venerável Sympathy Fot The Record Industry, em 1994 - possuem vida própria e nos dão aquela impressão de que foram todas geradas ali durante as gravações. A faixa-título, uma jam alucinada que segue em seus mais de 15 minutos num crescendo espetacular, é um cartão de visita perfeito. Na verdade destacar algum momento desse álbum seria pura bobagem. Os caras fazem barbaridades com ritmos como o ragtime, o boogie e o rhythm'n'blues, transformando tudo isso em algo completamente alienígena. Um álbum único e imperdível, de uma banda absolutamente fora do comum.

Link: Workdogs - Roberta (Sympathy For The Record Industry)