segunda-feira, 6 de outubro de 2008

O simples fato de um país sul-americano como o Peru ter parido uma banda como essa, em 1964, causa espanto. Os Saicos sem dúvidas alguma estavam na vanguarda de sua época. O grupo, considerado o mais radical de toda a América Latina durante os anos 60, estava em sintonia com o que se fazia de mais ousado nas garagens norte-americanas.

Formada na capital peruana de Lima, por garotos recém saídos do colegial, a banda a princípio foi batizada com o nome de Los Sadicos, mas a censura da época encarnou nos caras e eles optaram pelo esperto trocadilho de "Saicos", que faz alusão ao filme PSYCHO de Alfred Hitckoock. Como muitas formações garageiras sessentistas, tiveram vida curta e encerraram suas atividades em 1967, deixando apenas alguns poucos compactos - todos reunidos neste Lp lançado em 1999, pelo selo espanhol Eletro-Harmonix. Os Saicos viraram lenda e hoje são objeto de culto para as novas gerações, com bandas como o Leuzemia e os Manganzoides prestando justo tributo a esses autênticos proto-punks latino-americanos.