sexta-feira, 4 de julho de 2008

DON'T MESS WITH... THE DEAD BILLIES

No longínquo ano de 1993, quatro maluquetes topetudos resolveram sacudir o underground baiano com uma estilosa e performática banda de Psychobilly. Os Dead Billies chegaram arrebentando logo de imediato numa época em que nada de relevante acontecia, com shows incendiários e todos os maneirismos característicos do estilo rockabilly. Mas não era só isso! Havia uma boa dose de surf music, referências trash e uma inegável influência pós-punk.
Na minha opinião, esta não foi só uma das melhores bandas do rock baiano, mas com certeza, uma das melhores já surgidas no Brasil! Mosckabilly (vocal), Morotó Slim (guitarra), Joe Tromondo (baixo) e Rex (bateria), sabiam bem o que estavam fazendo e mandavam bala! Com muito estilo, irreverência e carisma de sobra, eles conseguiram se impor conquistando espaço na mídia e ótimas críticas nos veículos especializados. Depois de uma boa quilometragem, lançaram em 96, seu primeiro álbum, "Don't mess with... The Dead Billies", que rendeu o impagável vídeo de "Invasion of Body Snatchers". Em 1999, fizeram seu segundo e último disco, o ótimo "Heartfelt Sessions". A banda acabou quando Mosckabilly - que já tinha lá sua carreira paralela como o bluesman Glauber Guimarães -, decidiu seguir seu caminho. Com o fim do Dead Billies, dois de seus integrantes (morotó e rex) resolveram continuar com um novo projeto de banda instrumental: os Retrofoguetes. Mas isso é uma outra história...

The Dead Billies - Invasion of the Body Snatchers