segunda-feira, 28 de abril de 2008

CONTORTIONS: BUY (1979)

O disco de estréia dos Contotions é um dos mais instigantes registros da chamada No Wave - movimento musical de vanguarda surgido no final dos anos 70 em Nova York. Sem dúvida, o melhor e mais representativo dentre todos os discos de James Chance. Em Buy, Change apresenta uma fusão inusitada de free jazz, funk e punk rock, onde o seu sax maníaco trava embates alucinados com a guitarra da menina Pat Place (futura integrante do Bush Tetras), forjando um som desequilibrado e nervoso, pontuado por seus vocais agressivos.

Link: James Chance & The Contortions - Buy (1979)



"Todos os governos são erguidos sobre mentiras. Todas as organizações são erguidas sobre mentiras.

Quem são os malucos antidrogas? De onde vêm?

Fato: a cannabis é uma das melhores drogas para combater a náusea, aumenta o apetite e o bem-estar.

Também estimula os centros visuais cerebrais. Já tive tantas imagens ótimas conseguidas com cannabis. Na minha época de saladas, eu usava só ela, e que realizações consegui! ("E que acasalamentos!", como exclamou um crítico francês admirado.)

Algumas tragadas na teta verde e consigo enxergar múltiplas saídas e caminhos. Então por que tanta repressão a essa substância inofensiva e prazerosa?

Quem é você, para quem a verdade é tão perigosa? O que é a verdade? Algo imediatamente percebido como sendo a verdade.

Onde estão a cavalaria, a nave espacial, o esquadrão de resgate? Fomos abandonados aqui neste planeta governado por filhos da puta mentirosos, de poder cerebral modesto. Sem sentido. Nem uma minúscula fração de boas intenções. Filhos da puta mentirosos".

William S. Burroughs